Full width home advertisement

Post Page Advertisement [Top]

Análise SemanalAnálise Semanal Flip FlappersFlip Flappersresenharesenha crítica

Flip Flappers #04 | Análise Semanal



Papika não vai deixar Cocona de lado; Ficará ao seu lado para sempre e sempre como é dito no final do episódio, que no seu geral serviu para estabelecer e firmar ainda mais o relacionamento das duas, seus laços que precisam se tornar fortes o suficiente para então a protagonista progredir. 

É perceptível na narrativa que não estão tentando dar foco à trama principal da obra - que poderia sair de forma ambiciosa demais, e sim exercendo pouco à pouco o envolvimento que as personagens recebem juntas em todas as aventuras non-sense e pragmáticas. Provavelmente essas aventuras episódicas devem continuar até um clímax do roteiro, mas estas ainda assim são importantíssimas para o entendimento e revelações sobre a personalidade e o subconsciente das personagens. A cena da menina no barco nos sonhos de Cocona retorna (acontecera no episódio um), um forte simbolismo à seu consciente em que ela tenta descobrir quem é de verdade, enquanto faz referência a psicanálise novamente.

Referência que falei, no caso foi retirado de ambas cenas do primeiro episódio.
O grande quadro pintado no corredor do colégio em que Cocona recorrentemente passa e vislumbra é sempre cortado mas pela visão da câmera impedindo-nos de saber o que tem ali. Já estão teorizando que tem a ver com o pure illusion, e mais precisamente, com o consciente de Cocona, e que a garota pintora que apareceu no episódio é responsável e/ou tem mais conhecimento sobre isso. O que faz sentido, mas ainda há uma misticidade muito estranha por trás disso que está ligando todos os fatos; 



Na análise anterior eu disse que a Yayaka possivelmente seria parte do consciente da protagonista que a fez produzir sua imagem naquele outro mundo, mas foi dito que ela de fato estava lá com o objetivo de pegar os cristais, mas servindo a um "outro lado" que ainda é indistinguível entre bem ou mau. A avó de Cocona também é um ponto discutível; Não demonstra nenhuma reação e preocupação com a neta que ficou fora por algum tempo e acaba soando estranho demais. A revelação que os pais da protagonista morreram em sua infância - motivo pelo qual ela não tem nenhuma lembrança deles - tange suspeito, acredito que tenha alguma coisa a ver com o problema todo.

Avaliação Episódio 4: 3/5
Extras


A arquitetura da escola é muito bonita, os backgrounds desse anime tem uma pegada ala Ghibli.
***

Bottom Ad [Post Page]