Full width home advertisement

Post Page Advertisement [Top]

Análise de Mangáresenharesenha críticaReview Platinum End

Mangá Platinum End #11 e #12 - Esperança à morte. | Review Mensal



Capítulo 11 - O coração da garota

O capítulo no geral serviu para o elenco principal analisar os acontecimentos anteriores - da batalha contra Metropoliman -, e em seguida, fazerem uma caçada ao vilão, que por sua vez não deu nada certo.

A maior questão levantada foi referente a hesitação que prevalece em Mirai, pois ele podia ter desferido algum golpe fatal no Metropoliman, porém mais uma vez a sua filosofia estranha e pacata de vida que o impede de querer bater em alguém (por não sentir ódio) o interferiu de maneira tal que ele ficou com distúrbio psicológico por ser inútil na batalha, chegando até a se arrepender profundamente de entrar nesse battle royale. Ele retrata que só queria ter uma vida normal e feliz novamente, sem assassinar ninguém, como acontece nesse game que vale o título de deus. Ao menos conseguiu reconhecer que fugir tanto como faz é uma atitude covarde.


Um último questionamento é levantado no final do capítulo, os motivos não aparentes (revelados) para Saki ter se tornado uma candidata, já que para isso deve ter ficado de frente com a morte, e o resultado vem em seguida.

Capítulo 12 - O símbolo da Promessa

O desenvolvimento de Saki veio a tona no capítulo, com um bom flashback recorrendo ao passado dela e Mirai, mostrando desde quando eram bem novos e brincavam juntos até a o momento da morte dos pais do protagonista que fizeram-o sofrer bullying, com Saki fazendo-se presente como uma das crianças a debochar do garoto, mesmo que seja bem perceptível que ela o fez para não ser deixada de lado também. Agora, no momento presente, ela queria que Mirai a matasse pelo tormento que obtivera em se achar inútil e indigna de ficar ao seu lado, pois tinha como pensamento que só era uma concorrente que uma hora ou outra iria morrer por ser fraca. O desfecho também foi muito bom, Mirai conseguiu fazê-la ver através da verdade, cujo ele realmente não sentia raiva e não se importa com o que já passou. Ela era de fato muito importante agora, e Mirai conseguiu passar esse sentimento para Saki que percebeu que na verdade não queria morrer, queria viver, ficar ao lado dele e ser feliz. 

Clique para Ampliar

Também gostei muito da sinceridade que Mukaidou teve em lembrar-se da promessa de não esconder mais nada a sua esposa; Ao contar sobre o motivo de ficar fora todos os dias, a resposta de sua companheira foi a melhor possível, mostrando como ele tem uma boa mulher ao seu lado, que confia no que faz e sabe que é por ela e pela criança que Nanato se esforça tanto, ignorando o seu câncer que o mata todos os dias. O autor foi muito feliz nessa cena mostrando a vontade de viver do personagem, ressaltando a esperança que ainda existe na vida de muitas pessoas, mesmo que sejam enormes os problemas pelas quais passam.

Esses acontecimentos foram essenciais para o aumento do animo do grupo para com a continuidade seus planos, eles tem gravado o rosto de Metropoliman, e graças a um pedaço de sua armadura, informações importantes que os levarão até ele mais rápido também. Vale dizer que Metropoliman está assustado, não esperava candidatos com tanta garra e audácia como eles. Platinum End vem se desenvolvendo de maneira boa ao decorrer dos meses, mesmo com furos e outros problemas já presenciados, mas continua firme na sua narrativa e com bons plots para continuar atraindo a atenção dos leitores.

O próximo capítulo vai sair em Dezembro.

Extras

clique para ampliar

Os Super Sentais estão voltando.....


Aaaaaaah, Como não shippar?! Até mesmo os anjos estavam achando que iria rolar alguma coisa ali.

O que estão achando do mangá até aqui? Comentem e opinem nos comentários!

***

Bottom Ad [Post Page]