Full width home advertisement

Post Page Advertisement [Top]

Análise Sangatsu no LionAnálise Semanalresenharesenha críticaSangatsu no Lion

3-Gatsu no Lion #09 | Análise Semanal

As palavras de Kyouko sem dúvida nenhuma atingiram Reiem cheio, e enquanto o protagonista caminhava em rumo ao desafio contra o velho senhor Matungama Souichi se indagava em como era possível o velho dedicar 40 anos - boa parte de sua vida, ao shogi. O que era para ser um desafio e tanto ao protagonista acabou tendo um desfecho cômico. Souichi não era uma velho totalmente deprimido e cabisbaixo como esperávamos, e sim um idoso resmungão que não fazia ideia de como ganhar de Rei, tentando de tudo para conseguir uma possível vitória contra aquele que foi o quinto a tornar-se profissional mesmo no colégio. O velho possui 40 anos de experiência mas nunca obteve destaque tão singularmente igual Kiriyama, então tinha a devida noção que não tinha chance nenhuma contra o jovem depressivo.


Não só a partida, mas todo o episódio acabou com um desfecho mais cômico e leve. Rei se sentia culpado por tê-lo derrotado e as palavras de Kyouko pesaram com mais força, mas ao perceber o temperamento 'reclamão' de Souichi, Rei acordava para a realidade que o velho não era de todo dó assim. O sereno idoso passa então as devidas lições ao protagonista em meio a todos seus abusos ao garoto - por ter caído da escada, perdido a partida... -, juntamente de suas viagens explicando sobre os imperadores japoneses ,enquanto estava bêbado; Ensina a Rei que mesmo perdendo ele não vai desistir do Shogi, e que mesmo com o grande sentimento literal de queda que a derrota passa, quando é vitorioso o sentimento de alegria e euforia compensa. 


O conforto que Kiriyama Rei sente ao fim do episódio ao saber que o velho não se aposentará é merecido, ele não poderia se sentir mais aliviado com a situação que antes o sufocava. Também não consegue se imaginar jogando shogi para toda a vida, não consegue se imaginar em quarenta anos a frente, mas com toda certeza está aprendendo a aproveitar - e não se arrepender, dos feitos de sua vida. E a direção visual da Shaft novamente faz um trabalho excelente em expressar os devidos sentimentos dos personagens por meio de suas simbologias abstratas e coloração, mesmo os mais desatentos devem conseguir perceber as belíssimas fotografias e imagens artísticas. 


Avaliação: 4/5
Extras


A direção foi muito criativa durante todo o episódio, não só na hora da partida como também na hora de enfatizar os ensinamentos de Souchi, bêbado.


Cômica referencia a Darth Vader na respiração de Souchi, ele passou por mal bocados enquanto Rei achava que era tudo parte de uma estratégia de pressão psicológica para atrapalhá-lo.


Alguns já estão se irritando com a musiquinha de gato tocando a cada episódio, já eu não deixo de dar risada e achar bem legal sempre
***

Bottom Ad [Post Page]