Full width home advertisement

Post Page Advertisement [Top]

Análise SemanalAnálise Semanal Flip FlappersFlip Flappersresenharesenha crítica

Análise Semanal: Flip Flappers #11

Caminhando para o desfecho final Flip Flappers nos redireciona intensamente para o passado, mostrando todos os ocorridos entre os pais de Cocona. Fizeram bem em mostrar que não era qualquer um que tinha compatibilidade necessária para entrar no mundo do subconsciente. O pai do Dr.Salt ficou biruta em sua tentativa, e isso querendo ou não assemelhou-se muito com o filme Paprika.


Como Mimi é a primeira a entrar no Pure illusion, ela o domina de tal forma que aparenta ser vista como uma entidade ou algo do gênero, pois até mesmo os 'KKK' não tem conseguem contra ela, e esse grupo provável a ajudou no início, para ela conseguir se integrar ao mundo pois em certo momento disseram "peguem-na de volta". Mimi têm grandes poderes dentro deste mundo e controla como quiser, por isso sempre que foi mostrado o flashback tanto nesse como no episódio passado, havia uma alta segurança por trás de todos os experimentos, sempre cogitavam que Cocona poderia apresentar algum risco mesmo estando estável no momento. 


Em querer proteger apenas a filha, Mimi "se trocou" com o mundo do subconsciente por ser a única forma de superar suas dificuldades, assim ganhando tais poderes, mas ela se descontrolou tanto que passou a odiar todos e a amar somente Cocona, lembrando sempre que pode criar qualquer mundo que ela quiser - Já foi dito  que só existe o pure illsuion por causa da Cocona -, unificando o pure illusion com o mundo real, exatamente como os KKK queriam.


Importante ressaltar que o desenvolvimento das relações dos personagens nunca faz feio durante os episódios; Dr.Salt implorando pela ajuda de Yayaka no final que no próximo episódio deve se transformar junto de Papika, e Mimi com ele, pedindo para afastá-los por ela não fazer mais bons atos, foram desenvolvimentos muito bacanas. E, aparentemente, Papika é uma criação de Mimi desde há época do flashback, que deverá sumir junto com ela no final do anime; Ao menos essa é uma das hipóteses mais coerentes para o porquê de Papika não ter crescido.


E o desfecho final será nada mais nada menos do que Yayaka, Papika e Flip Flap em geral indo atrás de Mimi que controla compulsivamente sua filha, enquanto tenta desconfigurar as diferenças entre o mundo real e o imaginário.

Avaliação: ★ ★ ★ ★ ★
Extras


Será que agora vai?!


Bottom Ad [Post Page]