Full width home advertisement

Post Page Advertisement [Top]

Mangá Reviewresenharesenha críticaReview Platinum End

Mangá Platinum End #14 - O Feio Stalker | Review Mensal

Capítulo 14 - A forma do espelho

Este deve ter sido para mim o capítulo mais estranho da série. Sokotani Haijime é um cara bem non-sense e com ideias irracionais. Tudo bem que o bullying e toda deslocação social que ele sentia por ser feio e mal aceito na escola ocorrem mesmo em algumas situações e é um ponto coeso para se criar uma trama, mas esse cara é completamente maluco. Obata fez os desenhos pra expressar bem a ingratidão que ele tem pela sua própria aparência, mas Hajime ficou tão paranoico com esse assunto de beleza ao ponto de virar seguidor de Metropoliman, como pode algo assim?



Acho que o roteiro está trazendo isso propositalmente, mas ainda assim é muito estranho e soa trash esses seus princípios. Ele ficou tão vidrado no vilão que nesse flashback de alguns atrás em relação ao momento presente da história ele se tornou praticamente um stalker e conseguiu chegar até Metropoliman, que não é bobo nem nada e pretende usá-lo da pior maneira possível. Engraçado que nem o próprio consegue acreditar em tamanha "lealdade" que o feioso da cara plastificada pelas grandes cirurgias entrega. 

Ele também cultivou um ódio pelos personagens centrais por ter assistido suas luta contra Metropoliman na televisão, e isso explica o porque de toda aquela ferocidade em atacá-los no final do capitulo passado. Um último ponto importante  foi a confirmação daquilo que eu havia precedido semanas atrás: Metropoliman usa das mais avançadas tecnologias para preservar o corpo de sua irmã que já morreu; Um ato de amor e solidão muito grande que provavelmente abalou seu emocional para fazer algumas (ou todas) as atrocidades de agora.


O que estão achando do mangá até aqui? Comentem e opinem nos comentários!


Bottom Ad [Post Page]