Full width home advertisement

Post Page Advertisement [Top]

Análise Sangatsu no LionAnálise Semanalresenharesenha críticaSangatsu no Lion

3-Gatsu no Lion #15 | Análise Semanal



O décimo quinto capítulo de Sangatsu no Lion serviu muito mais como reflexão dos acontecimentos anteriores do que uma própria progressão parcial. O início mostrando Rei e Kyouko não me deu uma certeza se tratava de um flashback ou se de fato o protagonista voltou a morar com o pai adotivo - mesmo que de fato tenham acontecido alguns flashbacks ali no meio; A complicação para entender este ponto vem com o fato de que o episódio só mostrou Rei no colégio, o que não é normal, se não me engano foi a primeira vez que mostraram o garoto na sala de aula mesmo.


A relação da Kyouko com Kiriyama é aquela velha história que fica chato de se repetir a cada análise, a garota manipula e usa ao seu favor todo charme que possui para conseguir mantê-lo por perto mesmo que não queira nada, isso só confunde ainda mais os sentimentos de Rei. Gouda realmente a despreza, e ela parece apenas uma cadelinha que fica seguindo o "seu dono"; Será que em algum momento ela vai acordar para vida e passar a se importar somente para o protagonista? Também foi importante terem mostrado as reações das irmãs quanto a derrota de Rei, com alguns diálogos muito bem construídos do avô das garotas que conseguiu ver através do protagonista e dizer claramente o que deveria ser feito; Só achei estranho não terem mostrado Rei com elas desde sua derrota, pois ele já passou por aquela fase de isolamento total no apartamento mas aparentemente dessa vez elas não foram visitá-lo. 


A reflexão mais bacana do episódio foi a de Nikaidou explicando ao seu irmão porque queria que ele "rachasse a cabeça de Kirimiya em dois", afinal foi exatamente isso que o protagonista fez com ele no passado, dando uma nova esperança e oportunidade de crescer. No passado o gordinho desacreditou no seu inimigo, por achar que não existiam oponentes tão bons mais, e acabou sendo surpreendido com um fabuloso indivíduo que superou suas expectativas e o derrotou; E como Nikaidou mesmo disse, após ter sido rachado ao meio por Kiriyama, ele conseguiu se reerguer e sair da lama, e exatamente com essa segunda intenção que pediu a seu irmão que o derrotasse.


Ao mesmo tempo que esse capítulo constituiu-se de pequenas reflexões, foi mostrado mais dos problemas de Rei com suas faltas de escola, finalmente um interesse maior para com esse lado. O maior foco no entanto foram as duas partidas entre Godou e o irmão de Nikaidou. Enquanto a primeira tenha sido muito tensa e dramática com a forte trilha sonora de música clássica envolvendo as cenas, a segunda partida foi quase uma batalha shounen/seinen com as enfatizações e brincadeiras que a direção fez o tempo todo. A animação estava bem inconsistente e a direção mais do que nunca obteve por disfarçar os lances de movimentação, ainda que em vários momentos o designs tenham ficado bem fail.

Avaliação: ★ ★ ★ ★ ★ (++)

Extra


Não coloquei esse personagem na capa do post porque queria deixar um espaço mais especial a ele aqui na parte extra. Estamos com você homem, DERROTE O GOUDA, YOU CAN


Bottom Ad [Post Page]