Full width home advertisement

Post Page Advertisement [Top]

Análise Semanalanálise semanal Youkoso Jitsuryokuresenharesenha críticaYoukoso Jitsuryoku Shijou Shugi no Kyoushitsu e

Youkoso Jitsuryoku #6 | Análise Semanal



Exatamente como falei na semana passada, o enigmático Ayanokouji conseguiu, devida a sua inteligencia acima do normal, uma carta na manga para resolver todo o caso sobre Sudou e a turma C.


O protagonista já havia mostrado ser um bom negociador, e desta vez não fez menos em barganhar com sua amiga da classe B para a compra de câmeras forjadas para o amedrontamento, em um plano de cerco nos corredores da escola, desmentindo e desmascarando aqueles capangas da turma C. A velha comparação do personagem com Hachiman, de Oregairu, começa a sumir totalmente quando vemos que aqui o protagonista mente, manipula e mexe com esquemas ao seu favor para que consiga se dar bem. Na verdade, é praticamente isso que essa escola especial propõe, o episódio em que ele negocia com a professora da classe - e o próprio diálogo dela com Horikita neste capítulo - são as provas disso.


O passado de Ayanokouji também foi brevemente apresentado com esse diálogo e seu desdobramento. Ele fazia parte de algum tipo de experimento (militar, talvez? Impossível dizer que não lembrou o caso de Zankyou no Terror) para crianças super inteligentes, ou ia mais além? De qualquer forma, não sabemos porquê isso ocorreu, nem o motivo pelo qual ele foi para essa escola. 

O que fica claro agora, é como o protagonista realmente tem um destaque intelectual e físico (agora de certa forma está explicado porque ele é forte mesmo sendo sedentário.. há algo modificado aí) e justamente por isso tenta não se destacar entre os outros, não tenta receber atenção e muito menos levar o crédito pelo que faz. Isto explica seu niilismo. Poderemos considerar que seja devido a algum trauma do que ocorreu na sua infância, ou simplesmente uma forma do garoto tentar não querer lembrar mais disso tudo pelo qual passou - chamar atenção no momento presente poderia remete-lo a lembrar de [algo específico] quando se destacava como "cobaia".


O desenvolvimento da Sakura também foi praticamente fechado neste episódio com o maluco da loja concretizando os chutes de vários espectadores em agir realmente como como pedófilo estuprador e pervertido, partindo para cima dela. A garota dos cabelos rosas sempre teve vergonha e medo do mundo real, principalmente de estranhos, e por isso fingia ser quem não era tanto na internet como na vida real. O irônico é que devido a isso ela conquistou um bando de seguidores que a idolatravam e a amavam, apenas piorando a situação. O desfecho do caso dela foi outra armação muito bem sacada de Ayanokouji que ganhou a "benção" de Sakura que falou que ele não possui os mesmos olhos do estuprador.


Para encerrar, o discurso do irmão de Horikita em querer levar o protagonista para o Conselho Estudantil só prova ainda mais a tese de que dentro dessa escola tudo ocorre por base da manipulação e jogada de interesses. Porém, pelo que já fora explicado aqui, Ayanokouji não possui vontade nenhuma de se destacar e ganhar uma das mais altas posições no colégio, jogando todo crédito do plano para Horikita, que notavelmente está inconformada com a situação - relevemos o fato de que o irmão dela sabe muito bem que Ayanokouji é diferente do normal. Esperemos pelos próximos acontecimentos agora, uma vez que o "vilãozinho da balada" por trás do caso de Sudou, está praticamente declarando guerra contra o protagonista e contra as outras turmas.

Avaliação: ★ ★ ★  ★

Extra

Curiosidade: Semana passada, 10/07, o anime estava com 7.76 de nota no MyAnimeList. Hoje, 17/07, está com 7.95.

***

Bottom Ad [Post Page]