Full width home advertisement

Post Page Advertisement [Top]

análise magusbrideanálise semanal mahoutsukai no youmethe ancient magus bride

Mahoutsukai no Yome (TV) | Primeiras Impressões

Mahou Tsukai no Yome, ou The Ancient Magus Bride, é um dos animes que mais esperei durante o ano de 2017, desde seu anúncio eu estava de olho nos trailer e informações da WiT estúdio para saber se a produção seria mesmo competente - se conseguiria proporcionar a mesma experiência os 3 OVAs que antecederam a série para TV. Esta é a minha estreia mais aguardada da temporada de outubro, e Magus Bride conseguiu cumprir com todas minhas expectativas com este episódio de introdução muito bem produzido, chamando a atenção em sua ambientação e mostrando do que a série será capaz. 

Eles foram muito mais além em seu próprio início. A parte de Elias indo comprar Chise no leilão do sub mundo foi muito bem trabalhada; Foi colocado muito mais detalhes no evento transmitindo o clima, tensão e a soberania do mago dentre os outros seres mágicos que ansiavam comprar a garota Slay Vega. E a propósito, assisti o episódio legendado pela Crunchyroll e eles colocaram "Slay Beggy" ao invés do primeiro termo que falei, a qual estava acostumado desde o mangá. Eu não posso confirmar que "Vega" é o certo, talvez fosse erro da scan que traduzia para o inglês e os tradutores do CR fizeram o correto, mas "Beggy" ainda me soa muito estranho, quase que naturalmente errado, e ainda tenho a enorme impressão que os personagens falam "Vega" em japonês. 



As cenas de alívio cômico com os personagens em chibi ficaram bem funcionais, adaptaram exatamente como está no mangá.

Continuando, os cortes sobre o passado de Chise também foram bem impostos, explicou-se de maneira eficaz a forma como a pobre japonesa ruiva era vista no mundo humano quando criança, os seus problemas e como ela foi parar ali. Como já adiantado nos OVAs, Chise possuí problemas que na verdade se remetem a indivíduos raros, os denominados da raça Slay Vega, que podem ver muito além dos humanos comuns; estes têm a capacidade de ver criaturas sobrenaturais do mundo da magia e feitiçaria, e possuem um certo dom para dominar estes conceitos mágicos.


Já a segunda parte do episódio serviu para mostrar bem o quão mágico é o mundo habitado por estes seres. A casa de Elias e todos os detalhes clássicos no quintal, na casa e na paisagem em volta surtiram efeitos que remetem muito à fantasias do séc. XIX, quase a um belo Arcadismo da época Vitoriana - mesmo que o tempo seja nos dias atuais. Criaturas rondam a casa de Ainsworth, e as ninfas, as traiçoeiras novas vizinhas de Chise colocam um importante passo da garota em direção a pressentir importância em sua nova família. A Slay Vega começa aflorar agora o sentimento de que ali é o seu lugar, mesmo com um certo anseio de Elias; ela irá desenvolver seu relacionamento muito mais como mestre e aluno do que de fato como marido e mulher. Este passo do segundo ato do episódio inicial age decisivamente para que ela comece a aceitar seu novo lar e perceber como o mago ancião gosta dela mesmo com os apelidos estranhos - e a produção do anime não poderia embelezar mais este momento.



A trilha sonora não só nesta parte mas como no episódio todo cria uma excelente imersão com aquelas músicas clássicas que remetem a conto de fadas e às belas paisagens campais de mundos mágicos, com a competência para tensionar os momentos ápices do suspense psicológico da personagem, e maravilhar-nos com o resto da beleza natural que o episódio mostra. Não só a ost faz bonito, mas os cenários, design de personagens e toda animação é elegante e bem animada, com a conservação de pequenos e bons cortes animados e CGi bem escondidos que deixam a experiência muito interessante.


Mahou Tsukai no Yome estreou muito bem apresentando seus personagens, sua incrível ambientação que parece ser da época vitoriana - com ajuda da trilha sonora que encaixa perfeitamente ao clima, junto do início do desenvolvimento pessoal da protagonista e do seu novo mestre cara de caveira. Este anime será incrível, meus senhores.

Avaliação: ★ ★ ★  ★ (+)
***

Bottom Ad [Post Page]