Full width home advertisement

Post Page Advertisement [Top]

Análise de Mangáresenharesenha críticaTotsukuni no ShoujoTotsukuni no Shoujo review

Totsukuni no Shoujo - Uma história bem triste e bonita sobre Demônio e Garotinha


Totsukuni no Shoujo (The Girl From the Other Side: Siúil, a Rún) é um mangá de fantasia sobrenatural com demografia shounen, escrito desenhado por Nagabe e publicado desde 2015 na editora Comic Garden. Sim, a mesma editora de Mahoutsukai no Yome.

A história é sobre Shiva, uma garotinha com aparente 8 anos e que se veste de branco, junto de um indivíduo sombrio (algo parecido com um Wendigo) com chifres pretos. O mangá começa de fato com essa garotinha acordando em um toco na floresta, sendo encontrada por este ser que ela passa a chamar de "Sensei". Shiva passa a morar junto do Sensei em uma casa de madeira no meio da floresta, no país Outside. A região é chamada assim pois neste lado é que vivem demônios e criaturas que foram amaldiçoadas pelos deuses; todos são medonhos, terríveis e dão medo, porém a garota não tem medo daquele que cuida dela sem mesmo tocá-la, seu sensei. Fora desta região sombria, "Inside", vivem os humanos normais que acreditam que todos do lado de fora são horríveis e maus, com  base em histórias e rumores passados há tempos. As pessoas não sabem por que as pessoas de fora são ruins exatamente. 



“Não importa o que eles pareçam, o que eles dizem, o que eles fazem, não devemos chegar muito perto deles. Nós temos que mantê-los longe, matá-los para nos protegermos e nossas famílias. Eles não são como nós.”

A garota vive com o "homem" de preto que cuida dela como um guardião, e ela conta que espera pela sua avó que cuidava dela antes. Por algum motivo a velha não está mais com Shiva, e a garota espera ansiosamente pela sua volta a esta casa, acreditando fielmente todas as manhãs de que sua avó irá aparecer no portãozinho da construção de madeira. Seu guardião a proibi de sair para fora dos arredores da casa e da pequena vila que a cerca, para que assim ela não seja amaldiçoada, mesmo que a garota anseie o mundo exterior. 


Não se pode negar que essa obra lembre um tanto Mahoutsukai no Yome pela proposta, o estilo de história fantástica e pelos personagens (humano x "monstro"), mas enquanto a relação da Chise x Elias tenta ser de aluna e mestre para além de algum um romance, em Totsukuni encontramos uma relação realmente parecida de pai para filha, ou garotinha e guardião.

Os motivos da garota não ter sido amaldiçoada ainda no meio desta floresta, os retratos sobre o que significa a própria maldição em si e se há uma forma de reverter esta situação são alguns dos mistérios abordados durante a ótima ambientação sombria e triste que a história passa. O Sensei cuida de Shiva sempre com cautela para não tocar na pele da garota, pois se um dos "Outsiders" toca um humano normal, este fica amaldiçoado e também se transforma em um monstro. 


É assim que o universo da obra trabalha o seu ambiente, com humanos divididos em uma época que assemelha-se com a Idade Média, temendo a maldição que rege na Terra há muito tempo (sem mais spoilers), enquanto há um tremendo drama em relação a Shiva, a sua avó que ela acredita piamente que voltará, e seu Sensei que acha que a velha a abandonou, mas que não contaria a verdade para a pobre e inocente criança. 

Além do desenvolvimento muito interessante que abrange o cotidiano, com pequenos eventos bem reveladores e clímaces tensos durante a série, a história também apresenta seu próprio avanço em relação aos acontecimentos e os personagens, não se prende apenas ao ritmo lento; mas o que mais contribui para sua singularidade é a arte que passa uma tensão dramática e triste muito grande. Os desenhos são absolutamente bem feitos e eles envolvem muito sentido consigo. O peso carregado em cada traço, nos quadros e nos cenários mais rabiscados, esboçados, exaltam uma ambientação e atmosferas únicas.


Os próprios desenhos que referem-se a Shiva brincando ou interagindo dentro de casa com o Sensei são muito bonitas, a arte exacerba muito bem a felicidade e a inocência da pobre garotinha que não compreende muito bem o mundo e os males ao seu redor. A arte do mangá sem dúvida alguma é ótima e encaixa-se perfeitamente bem com o arquétipo da história e o clima envolvido. É tão único que é fácil encontrar imagens deste mangá pela internet, mesmo que ninguém saiba que se trate de um chamado Totsukuni no Shoujo.


Embora seja um mangá ainda pequeno e com poucos capítulos [ao menos disponíveis pela internet], o ritmo e a forma como a história é contada chama muito atenção, é um mangá interessantíssimo. Possivelmente deve agradar aqueles que gostam de Mahoutsukai no Yome também, mas Totsukuni no Shoujo possui um slice of life que age de maneira muito mais triste e dramática, sobre olhares desconfiados e uma atmosfera que apresenta um pouco de esperança, mas muito mistério.

Avaliação: ★ ★ ★  ★ (+)
Extra
Arte oficial da revista:

Bottom Ad [Post Page]