Full width home advertisement

Post Page Advertisement [Top]

Análise Sangatsu no LionAnálise Semanalresenharesenha críticaSangatsu no Lion

Sangatsu no Lion #27 | Análise Semanal



Como uma espécie de epílogo do caso anterior, Rei agora está preocupadíssimo em ajustar-se e ter condições para ajudar Hina já ficou claro; ainda de maneira implícita, a sua declaração de amor perpétuo para a garota - como consta no nome da segunda parte do episódio. Até mesmo o professor percebeu que Rei está se esforçando demais por ela e que disto surge um certo efeito romântico que faz muito sentido. Rei vai dar tudo de ser para conseguir um futuro melhor para Hina, e seu planejamento de possíveis arrecadações com a vitória naqueles jogos são a maior prova disso. É como se de maneira bem leve, ingênua, inocente e até natural, o anime começasse aqui o início do zelo por uma relação, não de maneira amorosa em que veremos os dois juntos de fato como um casal, mas aquela pelo qual Rei irá garantir o futuro da garota, para então estar ao seu lado sempre.


Em meio às cenas com o professor, também foi mais explicado os pormenores entre outras situações de bullying, e o quão difícil é lidar com os diversos casos que não possuem uma única fórmula de solução; as vezes acaba sendo preferível para os envolvidos fingir que nada aconteceu para evitar conflitos maiores, desentendimentos e ainda mais sofrimento - é aí que entra o caso da professora que apenas achou que fosse "brincadeira de garotas", e da própria menina que não queria contar para seus pais ou outros além de Hina.

Outro ponto explorado fora a maneira em que Akari sentiu-se incompetente em não ajudar sua irmã no momento do conflito. A mais velha ficou cabisbaixa o tempo todo e invejou a atitude do avô que fez um belo discurso sobre a grandiosidade de Hina por ajudar sua amiga. Akari queria essa força e capacidade que o avô teve de incentivar e confortar a irmã do meio, e aí que Rei entrou dizendo que ela é tão importante quanto por ter ensinado Hina a ser forte e guerreira desse jeito, ter a gentileza que possui.


Kiriyama acaba dizendo que por tal motivo Akari também é muito importante para ele, igualmente salvadora como Hina, mas me frustro aqui em já perceber que não haverá nenhum tipo de relação entre os dois (Akari e Rei). O protagonista está focado mesmo no bem da irmã do meio.

Sangatsu no Lion aparenta preparar o terreno para que Rei comecesse a se esforçar pelo seu próximo objetivo, enquanto o humor e drama voltam a ser muito bem mesclados, como visto neste capítulo, e alguns caminhos futuros começam a dar as caras.

Avaliação: ★ ★ ★ ★ ★ (++)

***

Bottom Ad [Post Page]