Full width home advertisement

Post Page Advertisement [Top]

Análise Semanalanálise semanal just becausejust becauseresenharesenha crítica

Just Because! #9 | Análise Semanal



Just Because! pode estar chegando a uma conclusão, mas isso não significa que esses adolescentes estão próximos de descobrirem como se tornarem adultos.  

O cabelo recém cortado da Hazuki foi a primeira prioridade deste episódio, atraindo a atenção de seus colegas de classe, provocando uma serie de reações inesperada de quase todo mundo da turma, exceto do cara cuja reação mais importava para ela. Hazuki sempre ágil de forma extremamente reservada em torno dos outros, raramente agindo em prol dos seus próprios desejos. Embora ela tenha seu futuro garantido, pelo menos mais do que qualquer outro personagem, ela parece ver essa certeza como uma submissão, um ato de simplesmente ir junto do fluxo que vai guiando a vida dela. 

Embora ela não esteja necessariamente confortável com toda essa atenção, o corte de cabelo da Hazuki refletiu uma clara mudança. Hazuki era uma garota que no primeiro episódio preferiu caminhar até outro canto da sala do que pedir a alguém para sair do seu lugar. Ainda tivemos o Haruto que não teve a coragem de dizer algo além de um "Bom dia" para a Hazuki, mas Yoriko mais uma vez demonstrou seu valor como amiga, fazendo com que a Hazuki se levante e abrace sua decisão.  


Ao longo deste episódio a narrativa da Hazuki foi entrelaçada inteligentemente com a da Mio, de forma que alguns podem nem mesmo ter percebido pela sutileza. A indecisão da Mio foi inicialmente sublinhada por sua indecisão de qual bebida escolher, e a partir daí ela finalmente chegou ao ponto de perguntar diretamente a Hazuki como ela havia decidido seus planos futuros.  

Depois de ter sido questionada por sua irmã, Mio percebeu que ela realmente só estava indo com o fluxo - o mesmo que a Hazuki que provavelmente se sentia da mesma maneira, mas da perspectiva da Mio era a Hazuki quem tinha tudo planejado. Essa suposição da Mio foi posteriormente quebrada no treino de beisebol do Haruto, onde a Hazuki descreveu Haruto como aquele que achou o segredo para se tornar um adulto. 

Just Because! continua a demonstrar com destreza como a certeza que vemos nos outros geralmente é apenas um reflexo da nossa insegurança, e que todo mundo está confuso.


Enquanto Mio e Hazuki estavam analisando seus sentimentos sobre seus futuros, Ena e Eita estavam envolvidas em um jogo de comédia romântica muito mais imediatamente satisfatório. Um dos pontos fortes e únicos de Just Because! é o quão bem ele transmite a claustrofobia de ir a uma pequena escola e viver em uma pequena cidade. 

Neste episódio, essa força foi posta para trabalhar de uma maneira nova, tirando uma ótima comédia dos esforços da Ena para se esconder do Eita. O momento em que ela se escondeu por trás de um pilar na entrada da escola foi um dos meus momentos favoritos do episódio, e seu riso subsequente "Deus, hoje foi horrível!" capturou perfeitamente a natureza delirante e contraditória de um romance jovem. Eu só queria que a animação ainda fosse forte o suficiente para combinar essa explosão com um caminhar decente.


O impasse de Ena e Eita chegou ao fim em outra grande cena, quando Ena emboscou Eita enquanto ele estava em sua corrida noturna. Sua conversa demonstrou que pelo menos a partir de agora eles são facilmente o casal mais credível na obra. A conversa entre os dois flui, eles se divertem juntos e parecem confortáveis ​​mesmo que a questão do romance fique claramente no ar. Seria legal ver esses dois juntos. Claro, isso é Just Because!, então nada é tão fácil assim. 

O final deste episódio também sinalizou outro ponto de mudança para Mio, como um flashback da conversa dela com a Hazuki revela, mostrando que ela realmente assumiu seus sentimentos pelo Eita. Tendo desistido de uma escola que ela estava querendo entrar *apenas porque sua irmã estudava lá, e tendo desistido de um romance que ela estava buscando *apenas porque ela gostou da ideia de estar apaixonada. Agora Mio pode finalmente descobrir o que ela realmente quer. 

O contraste entre esses dois pontos pode realmente ser o significado por trás do título estranho deste obra - vivendo em um estado onde você passa por cima dos motivos, fazendo as coisas "Just Because!" e esperando encontrar uma razão apaixonante por trás de suas ações. Mio agora parece apaixonada o suficiente para realmente perseguir as coisas que ela quer, resta saber se ela chegou a tempo de agarrar tais coisa ou se está muito atrasada.



Avaliação:   ★  

Bottom Ad [Post Page]