Full width home advertisement

Post Page Advertisement [Top]

IndústriaNotícias

Vendas na Indústria Otaku em 2017: Idols, Figures e Doujinshis Aumentando, Eroges e Cosplays Diminuindo


A Companhia de Pesquisa de Tóquio divulgou seu relatório anual sobre o que está subindo e descendo dentro da economia da insdustria otaku japonesa.

A medida que os movimentos anuais abaixam a Yano, localizada em Tóquio, pesquisa sobre o que mudou no setor de negócios otaku do Japão. No lugar de examinar anime ou vídeo games como um todo, Yano tenta ir pouco mais fundo, olhando no bolso dos fãs obsessivos.

A companhia acabou de lançar suas projeções para o fim do ano de 2017, então vamos olhar em algumas áreas mais importantes.

Cantoras idols: 210 bilhões ienes (preço) (aumento de 12,3% comparado a 2016) 



Isto pode parecer que a indústria de música por idols japonesa era grande e não poderia ficar maior, mas aparentemente não. Os cálculos da Yano incluem dinheiro gasto em ambos idols masculino e feminino, e a companhia diz que o apoio continuo a histórias de sucesso como as de AKB48 e O grupo de idols Johnny, juntamente com o fluxo constante de novos grupos entrando no mercado, está por trás dos crescentes gastos, que foi 35,5% maior que a quantidade em 2015.

Vocaloids: 10 bilhões de ienes (preço) (aumento de 4,2%)


Idols virtuais como Hatsune Miku não parecem terem crescido muito como as colegas de carne e osso, mas eles ainda dizem terem um aumento solido na receita, graças ao sucesso dos eventos e concertos com vocaloids e venda de produtos.

Doujinshi (mangás publicados por fãs sobre alguma obra ou franquia): 81,7 bilhões de ienes (aumento de 2,8%)



Em complemento a todos aquelas multidões que vêm para a Comiket com sacolas de doujinshi, artistas estão vendo um aumento no número de vendas online.

Figure: 32,5 bilhões ienes (aumento de 1,6%)



Figures de animes e video games estão sendo afetadas por duas forças opostas. De um lado, o aumento da aceitação dos hobbies otakus tem resultado em mais consumidores casuais comprando um ou duas figures, e os estrangeiros passeando a compras em Akihabara tem também ajudado a aumentar o número de unidades vendidas. Por outro lado, atender as necessidades dos consumidores mainstream significa produzir figures mais baratas e com menos qualidade do que as para os fãs mais hardcore estão querendo comprar.

Games simuladores de romances e encontros (Visual Novel): 15,5 bilhões de ienes (aumento de 3,3%)


Games de romance se recuperaram da queda de 8,7% entre 2015 e 2016, mas ainda não voltaram aonde estavam há dois anos atrás. Yano aponta para um clímax no total de crescimento de novos usuários depois de anos de aumentos de números das mulheres tomando este particular game como hobby, e também uma semelhança nas ofertas de desenvolvedores que torna difícil para os títulos se destacarem e se tornarem grande sucesso.

Cosplay: 35 bilhões de ienes (queda de 7,9%)



Este foi uma das surpresas, especialmente depois que Yano inclui a compra de trajes de Halloween, que tem super crescido em popularidade no Japão nos últimos anos. No entanto, como as festas de Halloween e eventos de cosplay de animes continua a ganhar números de participantes, o mercado de itens para cosplay se torna mais competitivo, e Yano rastreia as quedas no gasto para aumentar o número de opções mais baratas para os vendedores.

Boys love: 21,9 bilhões ienes (queda de 0,5%)


Histórias de romances de homens com homens pode ter se estabelecido como gênero na mídia otaku, mas novamente, Yazo diz que o aumento na competição e a pouca receita de venda na distribuição digital está limitando o crescimento.

Video games pornográficos (Visual Novel Eroges): 16 bilhões de ienes (queda de 4,8%)



É uma história conhecida para os jogos eróticos, onde um aumento nas vendas digitais não é suficiente para compensar a queda na demanda por lançamentos em forma física, normalmente mais caros, com o setor encolhendo 9,1% nos últimos dois anos.

Vídeo/Live-action adultos pornográficos (JAV): 49,5 bilhões de ienes (aumento de 0,6%)



Um aumento quase imperceptível, mas ainda há queda de 1,8% de 2015. As coisas provavelmente não ficão melhor, com muitos dos sêniores no Japão aprendendo a encontrar pornôs online gratuitos.
--

Idols vão continua a brilhar em 2018? Cosplay e jogos eroge vão se recuperar? Temos que esperar para ver.


***

Bottom Ad [Post Page]