Full width home advertisement

Post Page Advertisement [Top]

Análise Semanalanálise semanal Violet Evergardenresenharesenha críticaViolet Evergarden

Violet Evergarden #2 | Análise Semanal



Na ultima semana a internet foi repleta de discussões sobre Violet, e isso logo após apenas um episodio, alguns afirmando que é fraca outros rebatendo que é a coisa mais incrível do mundo. Não consigo entender de onde vem todo esse alvoroço. 

Francamente, Violet Evergarden para mim é o tipo de serie inócua, segura e bastante "tímida" - dificilmente uma serie que deva inspirar desentendimentos tão aquecidos em circunstâncias normais. Mas estamos falando da KyoAni, um estúdio que o trem da excitação fica sem controle e as opiniões dos espectadores sobre o estúdio tendem a colorir as obras que eles produzem.

Sinto que preciso dar a Violet Evergarden pelo menos 4 episódios antes de tomar uma decisão. Mas, para ser honesto, se não fosse esse o caso minha conclusão não teria sido das melhores, porque além dos visuais exuberantes não vejo muita coisa aqui.


Francamente, esse episódio me aborreceu mais do que qualquer outra coisa por conta da suas insistentes cordas dramáticas. Insistentes cordas dramáticas? O anime é sustentado por essas "cordas dramáticas" que a todo momento quer, e insistem, que o telespectador fique emocionado com tudo que está acontecendo, até mesmo sua ost que é linda fica irritante por gritar "fique emocionado comigo!" 

O violino que é lindo e emocionante toca a todo momento, sem ter construído nada realmente significativo ou de fato emocionante. É irritante como visualmente é realmente tocante, mas quando você procura um significado na cena ela não tem nada. E ainda, eu não sinto nenhuma conexão emocional com esses personagens ou com suas situações, e Violet Evergarden precisa exatamente disso para se sustentar. 

Parece que o ponto da personagem Violet foi feito no primeiro episódio, e o que vem depois é bastante padrão. Mas, de acordo com os leitores da light novel metade deste episodio foi filler, podendo ser uma justificativa a essa minha critica a personagem. Como já falei, só me sentirei pronto para dar qualquer conclusão em pelo menos 4 episódios.   


   
Uma cena que vale ser citada: Violet morde o broche que Claudia lhe entrega, sem dúvidas acreditando que ela está agora um passo mais perto de encontrar Gilbert novamente. Na realidade, esse broche é só o que resta dele, obrigando Violet a usar esse broche de base para seguir em frente. Esse momento consegue dar um ajuste de tom e lançar a base do que será o arco da protagonista. 

Violet Evergarden está realmente tentando muito ser algo grandioso e constantemente emocionante, só que sem querer fazer qualquer trabalho pesado, necessário, para chegar nesse ponto de grandiosidade. Eu poderia novamente ficar falando sobre como visualmente Violet Evergarden é incrível, mas isso me soa muito repetitivo e mais do mesmo. O que estou sentindo mais do que qualquer coisa sobre a obra é indiferença - o que é irônico visto o alvoroço dos fãs. 


Avaliação:   ★ ★ ★ 

Bottom Ad [Post Page]