Full width home advertisement

Post Page Advertisement [Top]

Análise Semanalanálise semanal Violet Evergardenresenharesenha críticaViolet Evergarden

Violet Evergarden #5 | Análise Semanal



Violet recebeu um serviço da família real de Drossel, cuja princesa Charlotte está disposta a se casar com um príncipe de Flugel, um ex-inimigo. Sendo assim, Violet deve escrever cartas de amor ao Príncipe Damian, em nome de Charlotte.

Este foi facilmente o melhor episódio, original, de Violet Evergarden até o momento (o que não é lá grandes coisas). O episodio não só evitou de reforçar os mesmos pontos repetitivos da trama de episódios anteriores, como também a história sobre Charlotte e seu casamento com o príncipe teve um certo fundo que toca nos temas da narrativa global da serie - guerra.
E este também foi o primeiro episódio onde Violet foi mais uma personagem de apoio do que uma protagonista, o que fez com que tudo se sinta mais fresco. 



Passaram se meses desde o último episódio, e a Violet já experimentou o suficiente para trabalhar como uma boneca para a realeza. Depois de lutar entre as linhas de frente do último episódio, a Violet já é competente o suficiente para tomar uma ação independente se baseando puramente nas emoções de Charlotte. 

Tal salto no tempo pode ser visto como algo preguiçoso, um artificio de roteiro para evitar de fazer uma trabalhosa progressão de nuncias - o que é verdade. Porém, ao mesmo tempo não me importo com isso, visto que fiquei francamente cansado de ver as variações do mesmo conflito reciclado todas as semanas.  

Este episódio me pareceu bem fiel as descrições que fazem do tom da Light Novel; onde o foco da história é diretamente sobre as pessoas que Violet ajuda, e não necessariamente nela. 

Embora o episódio 3 tenha tentado retratar Violet através do ponto de vista de outro personagem, este foi o primeiro episódio que se sentiu verdadeiramente fundamentado no ponto de vista do cliente. Charlotte não foi uma mera criação para o desenvolvimento da personagem Violet, mesmo que a protagonista cresça a partir da experiência isso é apenas uma consequência. Charlotte teve seu proprio arco, onde ela tomou escolhas e afirmou convicções e assim crescendo - ainda acho um arco e uma história bem trivial assim como as outras três, mas ainda assim já é alguma coisa minimamente palpável.  



Uma potencial questão espinhosa é a forma como a série lida com relações que tenham uma diferença de idade. Violet diz: “A idade não é uma barreira para o amor”, e isso é afirmado no episódio quando uma princesa de quatorze anos se casa com um príncipe de vinte e quatro. Vale notar que eles primeiro desenvolveram uma atração quando ela tinha dez anos. Vejo isso como um prenúncio para a relação entre Violet e o Major, especialmente quando Violet diz explicitamente que Gilbert achava que ela tinha quatorze anos, a mesma idade de Charlotte. 

Até agora na série, o amor de Gilbert para com Violet poderia ser lido como algo puramente paternal, porém como o Major já disse de forma explícita ele realmente a amaEspero não ver o relacionamento de Violet e Gilbert enquadrado dessa maneira, posto que isso criaria um ponto que roubaria os holofotes da relação dos dois.

Está questão não é um problema para mim, mas posso entender que é um problema para muitas outras pessoas. 


Achei a composição de toda essa cena muito boa, em especial esse enquadramento. 
Foi um episodio com melhoras, mas a obra ainda mantem alguns dos seus velhos cacoetes, tentando criar constantemente momentos emocionantes onde não existe espaço para tal. Um bom exemplo disso foi o final do capitulo, na qual vi um momento sem espaço e sem força para finalmente retirar um sorriso genuíno da protagonista. Todo a sequencia é bem montada, no entanto a escrita permanece na trivialidade, ao meu ver nunca saindo da mediocridade. 

Violet Evergarden continua se sustentando em seus altos valores de produção, mas com pouco investimento na escrita. Dito isto, o conto deste episódio de Charlotte e seu príncipe foi satisfatório, cheio de afiados momentos pequenos que infelizmente nunca alcançam a grandiosidade que tanto tentam. 

Tomando como base o final deste episodio, aparentemente os episódios subsequentes vão aprofundar mais os aspectos mais sombrios do passado de Violet. 



Avaliação:    ★ ★ 
***

Bottom Ad [Post Page]