Full width home advertisement

Post Page Advertisement [Top]

Análise Semanalanálise semanal darling in the franxxdarling in the franxxresenharesenha crítica

Darling in the Franxx #8 | Análise Semanal


As garotas perceberam a exposição exageradas de seus corpos e decidiram separar-se dos garotos enquanto a 02 brincava e nós fazia rir, com um episódio mais voltado ao debate dos gêneros e humor, esse é um ecchi se perguntando se realmente é certo o que fazemos com as mulheres?

As pessoas duvidam do como o exemplo é a única fonte de referência quando você está isolado, as crianças não têm contato com a sociedade, não sabem o que é “beijo” então era preciso uma ocorrência desagradável para elas aprenderem sobre timidez, assédio e etc.

O livro da Kokoro não poderia ser usado pois um sentimento não pode ser ensinado por textos, precisa ser sentido, e se não fosse por um monstro seria alguma causa externa e talvez até algo diminuto. Mas excluindo o monstro a 02 não tinha intenção alguma de causar a guerra, era somente uma fase onde eles julgariam a importância e o papel de cada um.
Avaliando o modo que elas eram usadas e dando a impressão para quem assiste de que deveria talvez repensar e usar a empatia, pois houve inversões de papeis com o Hiro e a 02, deixando ele pelado. No fim o resultado é simples, talvez as diferenças só devam ser aceitas e a igualdade virá quando eles trabalharem juntos e sem depreciar ninguém.

Outro fator bem presente e que ajudou a fixar a história foi o humor, em si o episódio foi bem engraçado com situação cômica de vergonha alheia, armadilhas da 02 e uma perseguição bem animada, seguindo o antigo clichê da “comédia que crítica”, dentro do anime tudo isso não passa de um experimento do Dr. Franxx.
Interessante notar como Dr. Franxx também queria manter as crianças isolados o máximo possível, existe muito esforço e interesse e isso começa a indicar quem os fez e os motivos da última equipe ter falhado, é questionável até a veracidade do quarto, porque como eles nunca exploraram aquele lugar ou tentaram abrir a porta?

Insinuando que na realidade aquelas provas foram plantadas para induzir o time a se unir por medo, outra possibilidade caso eles realmente existissem seria a dúvida do por que o outro time falhou? E qual a característica importante deste atual? E quando o livro sobre os bebês será usado?
E terminou só com este conteúdo, sim o andamento da história é menor do que no último episódio, e isso trouxe várias reclamações, como considero importante também os exemplos e temas tratados e a Trigger costuma sempre ensinar algo a ver com sentimentos acabo por considerar um bom episódio.

Ainda seria cedo para afirmar com certeza se Darling concluirá seu debate, poderia ser de grande valia para muitas pessoas se ele realmente fosse um “tapa na cara” dos modelos atuais sem ser extremista, não somente deste tema, afinal Darling tem sido bastante revolucionário e é fácil determinar animes similares a ele que estão sendo revolucionados.

Em geral também a produção esteve bonita, as acrobacias e caretas dos personagens no humor eram contagiantes e por enquanto nesta primeira metade a história vai ser segundo plano.
Comédia Pura


Bottom Ad [Post Page]