Full width home advertisement

Post Page Advertisement [Top]

Análise Sangatsu no LionAnálise Semanalresenharesenha críticaSangatsu no Lion

Sangatsu no Lion #41 | Análise Semanal



Depois de brilhantes capítulos, a paz e pacificidade voltam a tomar conta da calmaria do verão de Sangatsu no Lion. O foco retorna às irmãs Kawamoto e suas preparações para mais um ano di tradicional festival em que a família sempre prepara doces para vender. O clima iluminado e reconfortante transmite um grande contrate com a tensão das últimas semanas. A obra agora demonstra um pequeno descanso de suas extensivas reflexões e ressalta apenas a beleza da felicidade nas pequenas coisas.
Hina, já superada de todos os problemas, mostra-se mais tranquila do que nunca. O episódio brevemente revela a visita da garota para a amiga vítima do bullying (Chiho), que se recupera de maneira lenta, porém positiva. O clima ameno de felicidade daquele confortável verão continuou e passou com suas brincadeiras e trocas de agradecimento entre as amigas. E, ao retornar, o evento da festividade trouxe ainda mais presença positiva com as vendas da barraquinha das irmãs - com direito ao Kiriyama de faz-tudo do estabelecimento.
Menções e flashbacks muito interessantes sobre a mãe das garotas, e a esposa do avô, são mostrados dando ainda mais orgulho às garotas pela tamanha gentileza, alegria e boa vontade que aquelas mulheres possuíam. Além de curioso, por finalmente ser uma breve revelação de como as personagens eram, tais momentos servem como incentivo para que Hina e Akari continuem fazendo a tradição da família com tanto afinco e dedicação. A mais nova, Momo, inconscientemente não fica atrás transbordando sua felicidade inocente para animar o grupo.

Por ademais, o final do episódio volta a pesar um pouco com a revelação do novo professor - um novato - que tomará conta da classe na Hina por este último semestre. O professor líder, Kokubu, não consegue dar conta de tamanho serviço e a única escapatória é o jovem rapaz que já mantém seu desespero devido à personalidade de Takagi que não sabe e nem soube se tocar de seus erros. A garota já tem sua fama pela falta de empatia e de culpa, e o fato da sua própria mãe ser uma mulher brava que defende a filha incondicionalmente sem justa-causa. faz com que os professores a temem.
Apesar disso, os diálogos de Takagi com o sóbrio Kokubu serviram bem para mostrá-la que mesmo sem um motivo tão coerente para nos esforçarmos ou tomarmos um caminho à frente, é sempre bom tentar melhorar como pessoa e buscar algum conhecimento. O episódio se encerra com a garota aparentemente entendendo o recado de que só faz essas coisas ruins todas pois está confusa, e com ansiedade de descobrir quais são seus talentos. Resta saber o que será do anime em seus três próximos [e últimos] episódios.

Avaliação: ★ ★ ★ ★ ★ (++)

Extras

Endcard bem estilizado com direto a eastergg da Hina e Akari de sweater 


A best girl do anime enquanto criança:


***

Bottom Ad [Post Page]