Full width home advertisement

Post Page Advertisement [Top]

AmanchuAmanchu AdvancePrimeiras Impressõesresenharesenha crítica

Amanchu! Advance | Primeira Impressões


Pikari-chan e Teko-chan juntas nesta onda sentimental que desafia Aria The Animation em seu próprio jogo. No seu primeiro episódio é contado um dos pilares mais fortes dos Slice of Life “felicidade gera felicidade” de modo bem simples enquanto vemos as diversas formas de felicidade.

Antes precisamos saber, o criador de Amanchu! é o mesmo de Aria The Animation e uma das suas paixões é o mar. Eem ambos os casos temos o mar como catalizador de emoções, ele é o personagem principal dessa nossa aventura sem destino.

O seu formato é episódico isto significa “que todo o episódio tem sentido próprio”, isso não impede que ele relacione numa forma de evolução dos personagens ou até de ocorridos vários episódios, esta é na verdade uma pratica bem comum, e por isso vemos Teko pensando e evoluindo a partir de todo o ocorrido na primeira temporada.

Assim uma das primeiras coisas que Teko faz é pensar “E o futuro? Ele pode nós separar”, isto é verdade elas não vão eternamente ficarem juntas, e por isso o momento ganha mais valor pois ele é finito e não há motivos para se preocupar com isto.
Quando Teko recusou o passeio, ela está tentando fazer uma das coisas que a Rin em Yuru Camp fazia que é aproveitar a forma de prazer solitária, nem sempre precisamos dos outros, e é exatamente pesando assim que ela percebeu que na verdade ambas são fonte de alegria.

E pelo lado contrário, sentir a falta que a outra faz, afinal nós aprendemos muito mais por exemplos opostos. É engraçado essa soma de opostos, mas ela está presente na maioria dos animes slice of life, há uma forma de alegria em ficar sozinho e há outra em ficar na companhia das pessoas, ambas são valorizadas.

Outra característica que deve estar contida é um pouco de drama, os personagens devem sentir um pouco da tristeza, é exatamente isso que foi revelado pela Pikari mais tarde. E então ela aprendeu exatamente a mesma lição da Teko, e quando elas voltam a ficar juntas a frase “A felicidade é infinita” é descoberta.
Elas podem querer fazer tantas coisas juntas, elas vão fazer muitos passeios juntas, mas no fim elas vão encontrar novas coisas para fazerem e vão continuar sendo felizes, está é então a lição que temos para levar deste primeiro maravilhoso episódio de Amanchu! carregado de humor.

A dosagem do Humor é algo que a maioria dos animes slice of life erram e acabam sendo um anime de humor com slice of life e não o contrário, é preciso ter piadas, só não se pode deixar isso ganhar o anime. Amanchu! usa a mesma estratégia de Aria que são as caretas e situações de vergonha alheia.

Não é uma forma para tirar milhares de risadas, é para aliviar o momento e deixar mais perceptível a personalidade de cada um. O momento do telefonema é uma sopa de emoções e ilustra o comentado, pois temos duas dubladores na mesma personalidade da Akari e Aika de Aria falando com as novas personagens de Amanchu! como num símbolo de substituição espiritual.
Por fim, este é um anime que recomendo para qualquer um e mais ainda para os fãs de Aria The Animation por causa das milhares de referências ao Aria, é uma emoção rever meus personagens favoritos e óbvio que minha nota seria alta.

Avaliação: ★ ★ ★  ★ (+++)

***

Bottom Ad [Post Page]