Full width home advertisement

Post Page Advertisement [Top]

Análise Semanalanálise semanal darling in the franxxdarling in the franxxresenharesenha crítica

Darling in the Franxx #13 | Análise Semanal


O passado da nossa querida 02 é finalmente revelado, conhecemos o sofrimento da sua infância enquanto aprendíamos um pouco mais do sistema usado nos parasitas, em si o passado do Hiro se chocando ao da 02 num triste conto de fadas.

Vale destacar antes a decisão da direção em não mitigar e adiar a revelação, diferente da maioria, e assim também serviu de justificativa para o episódio anterior caso não tivesse previsto a lavagem cerebral no Hiro.
O ponto chave mais intrigante se deu no livro, por mais que seja óbvio, ao ler o conto no encerramento é fácil perceber que é o resumo ou a previsão do anime inteiro e podemos fazer analogia com cada personagem, Hiro o príncipe e 02 a princesa, talvez a bruxa o Dr. Franxx? O que importa é o seu final, ele não é o “felizes para sempre”, ao mesmo tempo o ser que entrega o livro é perturbador.

Semelhante a histórias reais, nem sempre temos os mocinhos contra os vilões, por isso a 02 na verdade não tem pessoas para a ajudar, exceto o Hiro, quero destacar as chances de quem entregou o livro ser um vilão são altas, visto a semelhança dele ao próprio vilão em TTGL (Tengen Toppa Gurren-Lagann) e, portanto, o conto seria mais uma hipótese do que uma verdade e não é certeza se o final será daquele jeito.
O Dr. Franxx também se mostrou um vilão sádico, torturando a 02, se propondo a matar o Hiro, não se importando com o como aquele grupo de crianças reagiria a tanta liberdade, e tirando qualquer motivo para aquelas crianças lutarem pelos adultos, justificando o comportamento da 02 em querer fugir e em querer ser humana para enfim casar com o seu príncipe.

Por outro lado, o objetivo de ser sádico era criar empatia ao mostrar momentos felizes com triste se consegue fixar os sentimentos e ao deixar a habilidade de falar é preciso trabalhar bem outras formas para contar, nesses pontos o episódio se destacou. Podemos entender exatamente o que se passava na instalação com pouquíssimas falas.
A arte cumpriu seu papel, o cenário gélido e dramático quase se impondo contra a vontade, dizendo o quanto eles são parasitas daquele ambiente e se contrapondo ao instante deles se apaixonando sem ao menos saber o que é amor, apenas sabendo sobre matrimonio por um triste livro. A estação do ano escolhida é perfeita em todos os sentidos.

Mas perfeita mesmo estava o design infantil da 02 e a animação, as expressões faciais são o forte da Trigger e podemos ver o bom trabalho quando ela come uma bala (curiosamente ela retribuiu este favor no episódio 5 e isso explica o vício em doces) ou quando eles fazem os experimentos.
Por fim, este episódio explicou muito, foi um dos que mais avançou na evolução dos personagens e terminou lindamente com ele lembrando. Falta só entender um pouco mais do Dr. Franxx e esperar esta informação chegar ao restante do grupo, ela não pode ficar retida no casal e o mais importante um flashback para a fama de matadora dela deve vir mais perto do final.

***
Extra:

O extra vai ser um pouco grande hoje porque tem alguns detalhes engraçados que precisam de imagens.

Como falei a 02 retribui o favor:

De onde será que ela aprendeu a lamber os outros?

Além disso, a frase "eu posso te tirar daqui" foi falada pelos dois:

Há também a pose:

Concluindo ela é fantástica e ainda mais em forma de loli:

Bottom Ad [Post Page]