Full width home advertisement

Post Page Advertisement [Top]

Comentando OSTs - Release Of SpyceGuestPost

Comentando OSTs - Release Of Spyce | Guest Post #05

Autor do texto: Halozy
A parte musical de um anime é sem duvida algo fundamental. É ela que garante boa parte da vida e das emoções das cenas, e em alguns casos consegue ser o ponto forte do anime, mas uma vez que o anime tenha terminado ela é a primeira que acaba sendo esquecida e a menos comentada, então vou comentar algumas OSTs que chamaram minha atenção.

E para começar, vamos com um anime um pouco recente, mas que me surpreendeu positivamente nesta parte, Release Of Spyce. Para quem não conhece, Release of Spyce é um anime de gêneros ação e aventura da temporada de inverno (Janeiro) de 2018. O anime conta a historia de Momo, uma garota que por está no lugar errado e na hora errada acaba presenciando uma ação de um grupo secreto de espionagem chamado Tsukikage, sendo recrutada para o mesmo e dali em diante acaba ajudando a proteger a cidade da perigosa Mouryou junto com suas amigas. Como anime em geral, Spyce não se sai acima da média, mas por ser praticamente um Mix de Batman e Totallity Spies, acaba sendo bem divertido.
Apresentado o anime vamos ao nosso assunto, a OST desse anime. O tema do anime basicamente pede três tipos de músicas, a primeira mais calma que é para os momentos Slice of Life das garotas, a segunda para as partes de ação/tensão e por ultimo músicas para ambientação dos lugares da cidade. Vamos falar de cada parte e como o compositor Ryouhei Sakata se saiu no primeiro desafio da carreira.

Para os momentos mais calmos foram dedicadas 6 faixas das 31 que compõe a trilha sonora do anime, e sua composição é a parte mais fraca da OST, já que o compositor fez o básico nessas faixas, sendo elas compostas em sua maioria em musica eletrônica suave e com um piano acompanhando. O ritmo das musicas é bem calmo e tranquilo, mas sem deixar ficar lento, para esse tipo de cena acaba sendo bem ok, mas por ser uma fórmula muito usada acaba ficando sem muitos pontos a destacar.

Nos temas de ação e tensão o compositor se saiu bem melhor, usando 13 faixas bem variadas sendo algumas eletrônicas, outras em hip-hop e às vezes misturando os dois estilos. Mesmo servindo para o mesmo proposito, é importante notar que as músicas acabam tendo sua própria identidade, por exemplo, a faixa "MISSION in SORASAKI" consegue ser animada e triunfante e passa aquela sensação boa de que as protagonistas estão ganhando. Em contra partida, "Pinchi de sutsu!, apesar de animada, é densa e pesada, dando a impressão de que elas estão em um beco sem saída e que talvez o anime terminasse mais cedo. Essas discrepâncias se repetem em todas as 13 faixas, com cada uma dando uma impressão diferente da situação, isso em uma ost é louvável dando mais variedades de emoções ao anime e, é claro, evitando a repetição exaustiva de uma mesma musica.
Por último, e pra mim o mais importante, os temas de localização. É comum em animes existirem algumas músicas exclusivas para mostrar certo lugar ou personagem. Em Spyce, não temos para personagens, o que em minha opinião é algo bom já que esse é um anime que as personagens se destacam mais por seu trabalho em grupo do que por serem protagonistas únicas. No entanto, para lugares se dedicam 11 faixas, e para mim é a melhor parte da OST. Assim como as musicas de ação, os temas dessa parte da OST são bem distintos, e melhor que as faixas de ação, eles permitem que você se sinta o clima do lugar até mesmo se não o tiver vendo, um exemplo é o "Tsukikage himitsu kichi", o tema da base das garotas, seu estilo eletrônica misturado com instrumentos de música tradicional japonesa permite ao ouvinte rapidamente deduzir como é à base da Tsukikage, assim como o tema da sua rival "Theme of MOURYOU" deixa bem claro com suas batidas pesadas, sons rudes e distorcidos sobre o que é a Mouryou e seu perigo. 

Há também temas mais calmos como "Clap Your Hands, Say Yes◎" um tema feito com uma faixa mais suave sendo usada para representar a praça da cidade onde uma das garotas tocava violão por diversão, não é tão difícil imaginar isso ao ouvi-lo, outro tema a se destacar também é o "Uragiri to shōshin" que passa a impressão de um lugar ameaçador e que as coisas não vão da certo se você for para lá. As outras faixas desse tipo são mais delicadas de analisar sem dar spoiler, mas o que da pra dizer é que nessa parte o compositor foi excelente fazendo os lugares onde a trama se passa ganharem vida, ao invés de depender das ações ocorridas lá para acontecer.
Concluindo, apesar do anime não ser grande coisa, sua trilha sonora é algo a se destacar, em grande parte a individualidade e variedade de músicas, que se encaixam bem nos lugares onde elas teoricamente precisam ser aplicadas e melhoram bastante o entretenimento do espectador. Vale dizer que o Compositor Ryouhei Sakata é novato e esse foi o primeiro trabalho dele, o que faz dele ser promissor na área e digno de ser observado nos seus próximos trabalhos.
***

Bottom Ad [Post Page]